Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Utilizamos os nossos cookies e outros de terceiros para armazenar e aceder a informação relativa a linguagem, tipo de browser e outras características básicas definidas pelo utilizador, bem como para localizar e analisar o tipo de tráfego com o objectivo de melhorar e disponibilizar os nossos serviços de uma forma mais eficiente e personalizada. A continuação da navegação pressupõe a aceitação da utilização de cookies. Poderá alterar a configuração ou obter mais informação através deste acesso.
A Integra2 informa os seus clientes sobre a pegada de carbono de cada envio
​O cálculo das emissões e do consumo energético associados a cada envio efetua-se de acordo com a NORMA UNE-EN 16258:2013 e foi verificado por uma empresa externa.
 
A Integra2, uma empresa de transporte capilar a temperatura controlada pertencente ao Grupo Logista, introduziu no sistema de comunicação aos seus clientes a informação relativa à pegada ecológica dos seus envios.

A Integra2 participa no Plano Estratégico de Qualidade e Meio Ambiente do Grupo Logista, que inclui 5 países: Espanha, França, Itália, Portugal e Polónia. Como parte das ações definidas nesse plano, a Integra2 apresentou já em 2014 o cálculo das emissões de gases de efeito de estufa provenientes de todas as suas atividades, tanto diretas como indiretas, no âmbito do seu negócio.

Avançando na direção da sustentabilidade e da eficiência das suas operações, a Integra2 melhorou os seus sistemas informáticos para comunicar de forma proativa aos seus clientes as emissões e o consumo energético de cada serviço realizado, integrando essa informação nas suas faturas.

O sistema implantado baseia-se na metodologia de cálculo reconhecida internacionalmente Greenhouse Gas Protocol e na norma específica UNE-EN 16258:2013 para contabilizar e declarar o consumo de energia e as emissões de gases de efeito de estufa nos serviços de transporte de mercadorias.

O sistema de cálculo da Integra2 realiza uma contagem automatizada da distância percorrida por cada veículo durante as diferentes fases do processo de transporte, distribuindo proporcionalmente por cada envio a distância real das mercadorias e a carga de cada expedição. Aos dados recolhidos em cada fase (recolha, longa distância, reparto) aplica-se um fator de consumo específico, definido através da norma UNE-EN 16258:2013 para determinar o consumo de combustível utilizado para entregar cada um dos envios.
 
 Este seguimento permite oferecer um cálculo preciso e de confiança das emissões equivalentes em quilogramas de CO2 para cada serviço, para qualquer cliente da Integra2, num período determinado. O cálculo do valor total inclui tanto o índice Tank to Wheel como o Well to Wheels o que significa que as emissões calculadas têm em conta o processo completo desde o abastecimento de combustível até às emissões geradas pelo próprio veículo.
 
 A informação fornecida pela Integra2 ajuda os seus clientes a conhecer a pegada de carbono associada ao transporte das suas mercadorias, com o objetivo de poder completar as emissões totais no ciclo de vida dos seus produtos.

Como demonstração de um claro compromisso com a transparência, a Integra2 participou num processo de verificação externo e voluntário, que concluiu que tanto a metodologia como os procedimentos aplicados representam de forma fiável a informação, de um modo coerente, objetivo, transparente e preciso.​